Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Voluntários desenvolvem o contato com a leitura e a arte em crianças carentes

Ler é ação que desperta sonhos e transforma vidas. A literatura é um caminho que leva a criança a desenvolver a imaginação e somente o fato de você estar lendo esse texto já demonstra a importância da leitura. É pensando nisso que o Projeto Criança Feliz (Procif), há 28 anos, estimula o hábito. A entidade, fundada pela associação de moradores dos bairros Jardim Iracema e Padre Andrade, atende a 1.930 crianças com o objetivo de proporcionar a ampliação de olhares, desenvolver o potencial criativo, formar valores e incentivar a integração social por meio da leitura e atividades culturais.
As crianças se espalham pela sala, sentam no chão, dividem o mesmo livro e escutam, atentas, as contações de histórias. Depois da contação, elas permanecem na sala, mas dessa vez, escolhem seus livros preferidos. É possível perceber no olhar de Crislane Silva,  o quanto ela espera por esse momento. “Eu posso ficar com o livro por uma semana”, comemora  sorrindo e abraçando o exemplar.
Além da aquisição de conhecimentos por meio dos livros, o Projeto também disponibiliza aulas de dança, artes plásticas, teatro,  violão, canto, balé e atividades itinerantes. Dessa forma, as crianças têm acesso a uma aprendizagem lúdica e prazerosa, além de preencher lacunas deixadas em aberto pela escola formal.
Projeto Criança Feliz

Projeto Criança Feliz

No total, são 1.930 crianças beneficiadas com e 1.200 famílias assistidas. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)
O psicólogo André Oliveira trabalha no local há três anos e acompanha o avanço dos jovens dentro do projeto e também visita as famílias para compreender a realidade em que eles vivem. “Muitas crianças vivem uma situação de violência dentro de casa. Aqui é um bairro muito vulnerável à criminalidade, as famílias são fragilizadas, então essas crianças precisam de um lugar para se expressar e desenvolver habilidades que possam mudar a visão do mundo que elas têm.”, explica.

Com apenas nove funcionários e 25 voluntários, o Criança Feliz também pretende mostrar aos beneficiados que eles podem intervir em diversos âmbitos, sejam eles social, familiar, educacional, político ou cultural, usando a arte como veículo transformador da realidade em que estão inseridos.
Wellevelton Silva entrou no projeto quando ainda tinha seis anos. Aprendeu a tocar violão com oito anos e atualmente, aos 18, é monitor das aulas de violão. “Depois que cheguei aqui, tudo melhorou. Lá fora a gente aprende tudo o que é errado, mas aqui a gente reaprende e só guarda o que é correto. Hoje, eu posso passar pra outras pessoas aquilo que eu aprendi.”
Histórias e Quintais
No total, são 1.930 crianças beneficiadas com e 1.200 famílias assistidas. (FOTO: Divulgação)
No total, são 1.930 crianças beneficiadas com e 1.200 famílias assistidas. (FOTO: Divulgação)
Uma forma de integrar os jovens, adultos e idosos do bairro é o projeto “Histórias e Quintais”. Mensalmente, os inscritos no movimento vão à casa de um idoso e escutam as histórias de vida do anfitrião, trocam experiências e relembram fatos marcantes do bairro. O mais marcante do evento é o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários do anfitrião. Também há contação de histórias, música, momento para as crianças fazerem pinturas e no fim vira uma grande festa.
Apoio
As crianças e jovens atendidos pelo Procif são apadrinhados com recursos do ChildFund Brasil (Fundo para crianças), que atua há 45 anos no Brasil. Os padrinhos e beneficiados trocam cartas fortalecendo um sentimento afetivo de troca de experiências. A prefeitura municipal de Fortaleza e a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará também apoiam as atividades realizadas no Projeto. Mas como a demanda de crianças é grande, a entidade necessita expandir os serviços oferecidos aos jovens.
O Projeto Criança Feliz desenvolveu o programa Prazer em Ler, o qual valoriza a leitura e incentiva às crianças a desenvolverem o hábito da leitura. Por essa iniciativa, a entidade foi escolhida pelo Instituto C&A para receber recursos financeiros destinados à contratação de mediadores da leitura, aquisição de computadores, além de ministrar cursos de formação à administração do local.
“A leitura é algo geral. Não lemos somente uma palavra, uma frase. Fazemos uma leitura da nossa família, da vida.”, diz a gestora e assistente social do Procif, Eliane Moreira. Segundo ela, quando a arte e a educação caminham juntas, é possível transformar a realidade que as crianças vivem.
Serviço
Projeto Criança Feliz
Rua Gaudoso de Carvalho, 302 – Jardim Iracema – Telefone: 3286-3401

Fonte: Tribuna do Ceará
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »