Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Assaré-CE: Seca agrava situação no campo e castiga animais

Sem chuvas não há pasto e o alimento destinado ao rebanho bovino (Foto: Júnior Sulterio)
A estiagem prolongada após um inverno considerado abaixo da média contribui para o agravamento da situação no campo a cada dia que passa. Se as dificuldades por água para o ser humano são muitas, imagine em relação aos animais. Pior que isso: sem chuvas não há pasto e o alimento destinado ao rebanho bovino, por exemplo, começa a faltar. O nível de armazenamento de água com as chuvas deste ano foi algo insignificante e o volume nos mananciais nunca esteve tão baixo.

Na região do Cariri, a situação é grave em vários municípios como é o caso de Assaré, onde os criadores estão bastante preocupados com o quadro de estiagem. Nem as chamadas chuvas das frutas vieram para amenizar as dificuldades. Manter o rebanho com ração é impraticável em virtude das condições financeiras dos pecuaristas. O dinheiro é pouco, a ração é cara e o preço do animal segue em queda. Segundo o colaborador do Site Miséria em Assaré, Júnior Sulterio, o gado debilitado ainda tem que percorrer alguns quilômetros em busca da pouca água que ainda resta.

O líquido para o consumo humano não é diferente e muitos estão na obrigação de comprar água num caminhão pipa que passa de porta em porta vendendo o líquido anunciado como de boa qualidade. As águas de chuvas armazenadas em cisternas durante o inverno a fim de passar por um processo de decantação, foi em pequena quantidade. Em várias localidades rurais de Assaré, Salitre e Campos Sales, por exemplo, a saída é comprar água para beber e não passar privações nas atividades domésticas.

Fonte: Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »