Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Prorrogadas inscrições para seleção de monitores e tutores para o Jovem de Futuro

Foi prorrogado até o próximo dia 22 de maio o prazo das inscrições da seleção de alunos do ensino médio e universitários interessados em atuar como monitores e tutores em escolas públicas estaduais, por meio do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI)/Jovem de Futuro (JF). A iniciativa é realizada pela Secretaria da Educação (Seduc), através das 438 unidades de ensino que integram o Programa. Cabe às escolas, fazer a seleção e conceder bolsas aos aprovados. Veja as escolas.

Os editais serão divulgados pelas próprias unidades de ensino e nos sites das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede), no Interior, e no caso das escolas da Capital, no site da Secretaria da Educação (Seduc). A ação é desenvolvida por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (Codea) – Gestão Escolar.

Os inscritos para a monitoria devem ser alunos do ensino médio da rede pública estadual e terão a finalidade de desenvolver atividades voltadas ao fortalecimento das ações pedagógicas e de projetos da própria escola na qual estão matriculados. No caso da tutoria,  as vagas serão ocupadas por estudantes do ensino superior. A ideia é que os universitários possam contribuir para a implementação da metodologia Entre Jovens do Jovem de Futuro na escola, concebida para assegurar atendimento educacional complementar a alunos que ingressam no Ensino Médio com dificuldades específicas em Língua Portuguesa e em Matemática. Os estudantes irão colaborar para melhorar o desempenho dos que estão na última etapa da educação básica e aumentar os índices de conclusão do curso, diminuindo o abandono e a evasão escolar.

ProEMI/Jovem de Futuro

O Ensino Médio Inovador é um Programa de reestruturação curricular, enquanto o Jovem de Futuro atua com uma tecnologia de Gestão Escolar para Resultados. A iniciativa é fruto de uma parceria entre Seduc, Ministério da Educação e Instituto Unibanco. A ação oferece às escolas participantes apoio técnico e financeiro para, em um período de três anos (duração do Ensino Médio), melhorar substancialmente seu desempenho. Trata-se de uma proposta que visa mobilizar alunos, professores e famílias em torno de metas pactuadas para um mesmo objetivo: garantir que os jovens acessem, permaneçam, tenham um bom desempenho e terminem o Ensino Médio.
Fonte: Seduc
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »