Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Greve: Bancários prometem radicalizar fechando autoatendimentos

Com resistência, a greve nacional dos bancários chega nesta sexta-feira (04/10), ao 16º dia, com forte adesão no Ceará. Os trabalhadores lutam com resistência, mas os patrões criam artimanhas para furar a greve. 


Na última quinta-feira (03), os bancários fecharam a unidade da Caixa Econômica Federal, na Avenida Pessoa Anta, que negocia com governo e prefeituras municipais. Os grevistas prometem fechar a Superintendência da Caixa e, em busca de proposta decente, fecharão todos os autoatendimentos das unidades da CEF.

A radicalização dos bancários em greve se agravou com o total descaso do presidente da Caixa, Jorge Hereda, que esteve em Fortaleza e não quis receber uma comissão formada pelos representantes da Fetrafi/NE, do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE) e da Apcef/CE. Faltou respeito e os bancários prometam radicalizar ainda mais na Caixa.

“Após 15 dias de greve e na contramão do que é a proposta deste Governo, um governo democrático e popular, o presidente da Caixa se recusou a receber a comissão de trabalhadores, mas recebeu um grupo de empresários do ramo da construção civil. O presidente da Caixa mostra seu total descompromisso com os trabalhadores e com a sociedade”, denunciou Marcos Saraiva, diretor do SEEB/CE.

No 15º dia de greve, empregados da Caixa da Agência Pessoa Anta tentaram furar o movimento e abrir a unidade. Os dirigentes sindicais fizeram uma ação concentrada durante todo o dia, com banda de música, faixas e palavras de ordem para sensibilizar os empregados a permanecerem na greve. A ação vai continuar em todas as agências da Caixa.

“Hoje estamos dando sinal de alerta, pois não aceitamos os fura-greve de forma deslavada buscando desarticular a paralisação. As portas do prédio foram cerradas e ficarão assim até o final da greve, até o desfecho das mesas de negociação”, disse Áureo Júnior, diretor do Sindicato e presidente da Apcef/CE.

Agências fechadas no CE

Foram registradas na quinta-feira, 3/10, 401 agências paradas das 507 existentes no Estado, o que representa 79,2% de paralisação. Na capital estão paradas 189 agências, enquanto no Interior este número é de 212.

Próxima assembleia

Nesta próxima terça-feira, dia 8/10, o Sindicato voltará a realizar assembleia com a categoria, a partir das 17 horas, na sede da entidade. Na oportunidade serão repassadas informações sobre a greve no Ceará e no País, além das ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Comando Nacional junto à Fenaban e aos bancos públicos. A Assembleia servirá ainda para fortalecer a organização da greve.

Fonte: SEEB/CE / Portal Vermelho
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »