Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Brasil cria 72 mil empregos em maio

O país criou 72 mil novos empregos formais durante o mês de maio, o pior resultado para o mês em pelo menos dez anos.

No mesmo mês do ano passado, foram criadas 139,7 mil vagas, quase o dobro do saldo alcançado em maio de 2013. Houve queda significativa também na comparação entre maio e o mês anterior.

Em abril deste ano, foram gerados 196,9 novos postos de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregos (Caged), divulgado hoje pelo Ministério do Trabalho.

O saldo de vagas criadas em maio foi resultado de 1,827 milhão de admissões e 1,755 milhão de desligamentos.

Setores
Houve aumento do número de vagas em sete dos oito setores pesquisados pelo governo: agricultura (33,8 mil novos postos), serviços (21,2 mil), indústria de transformação (15,8 mil), administração pública (2,9 mil), extrativa mineral (192), serviços industriais de utilidade pública (94) e comércio (34).

O setor de construção civil apresentou retração com o corte de 1,9 mil vagas formais. Segundo o Ministério do Trabalho, o desempenho deve-se, em parte, ao encerramento das obras ligas àCopa das Confederações.

Regiões
O nível de emprego aumentou em dezessete unidades federativas durante o mês passado. O Piauí apresentou maior crescimento percentual, com a criação de 2,2 mil vagas e alta de 0,83% no estoque de postos formais.
Dentre as unidades que perderam empregos estão Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Fonte: Folha.com / Miséria

Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »