Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Lixões ganham sobrevida em vários municípios do Ceará

Apesar da prorrogação do prazo para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que deveria vigorar em 2 de agosto último e foi estendida para 2018, pela Câmara dos Deputados, através de Medida Provisória, Sobral é um dos poucos municípios cearenses que já possui um aterro sanitário adequado e que servirá para a implantação do consórcio regional. Outras regiões, como Sertão Central, Centro Sul e Cariri, ainda sofrem com os lixões.
Aterros

Conforme levantamentos realizados em 2012, existiam pelo menos 284 lixões no Ceará e apenas oito aterros sanitários. Um projeto técnico desenvolvido pela Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP) à época revelava a necessidade da construção de seis aterros sanitários de grande porte e seis de pequeno porte no Estado. Para erradicar os lixões do Ceará, será necessário um investimento de R$ 71.461 milhões.

O projeto da Lei 12.305, relativo à implantação dos aterros sanitários, foi elaborado a partir do mapeamento dos 26 Estados da Federação mais o Distrito Federal. Dos 5.564 municípios do Brasil, cerca de 800 contam com aterro sanitário.

FONTE: Miséria


Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »