Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

ONU abre inscrições para o Programa de Jovens Profissionais, com período de trabalho de 2 anos


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A Organização das Nações Unidas (ONU) está com vagas abertas para o Programa de Jovens Profissionais. O período das inscrições variam de acordo com a vaga: até o dia 13 de agosto para Tecnologia da Informação e assuntos políticos; até 20 de agosto para economia e produção de rádio; e até 26 de agosto para direitos humanos e fotografia. As inscrições devem ser feitas pelo site.
Para ocupar a vaga, o candidato deve ter até 32 anos, completados no máximo até o fim deste ano, ter nível superior, licenciatura ou diploma de graduação nas áreas de Economia, Direitos Humanos, Tecnologia da Informação, Fotografia, Assuntos Políticos e Produção de Rádio. Também é necessário ter fluência em inglês ou francês. Mas não é necessário experiência anterior.
Além disso, é importante que o aspirante ao cargo saiba que poderá ser alocado em qualquer um dos escritórios das sedes das comissões econômicas regionais: em Viena (Áustria), Santiago (Chile), Addis Ababa (Etiópia), Nairobi (Quênia), Bangkok (Tailândia), Nova Iorque (EUA) e Genebra (Suíça). Ou seja, regiões de extrema pobreza e de conflitos estão incluídas e o candidato deve saber que deverá lidar com isso caso necessário. A vaga é para um período de trabalho de 2 anos.
As inscrições também estarão disponíveis para outros 53 países além do Brasil (veja a lista completa no site). Os interessados em mais de duas áreas de atuação deverão escolher apenas uma, pois aqueles que realizarem mais de uma inscrição serão desclassificados.
A seleção consistirá em três etapas. Na primeira, será necessário o envio de um currículo e uma carta de motivação. Em seguida, os aprovados na primeira etapa, deverão fazer uma prova de conhecimentos gerais (a prova estará em inglês). Por fim, os candidatos passarão por uma entrevista e, ao serem selecionados, serão contratados de acordo com a disponibilidade de vagas. Segundo a ONU, ser aprovado não garantirá uma vaga.

Fonte: Portal Verdes Mares
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »