Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Número de consultas no Ceará cresce 39% após Mais Médicos

Ministério da Saúde espera que 3,1 milhões de pacientes tenham sido beneficiados com o programa no Ceará (Foto: Divulgação)
O Ministério da Saúde (MS) divulgou que o número de consultas médicas no Sistema Único de Saúde (SUS) aumentou 39%, no Ceará, no mês de janeiro de 2014, em comparação com o mesmo mês de 2013. O número foi apresentado no Seminário Mais Médicos para o Brasil, nesta terça-feira (10), em Fortaleza.

O Ministério atribui o aumento de 409.431 atendimentos na rede pública de saúde do Estado, em 2013, para 569.141, em 2014, aoprograma Mais Médicos, do Governo Federal, lançado no último mês de julho e atuante desde setembro.

Ainda segundo o MS, a chegada de 905 novos médicos ao Ceará diminuiu em 18,2% o número de casos de encaminhamentos a hospitais, passando de 1.127 para 922.

Quadro de hipertensão é mais atendido
Pacientes com quadro de hipertensão foram 67,5% mais atendidos pelo sistema público de saúde (passando de 197.648 para 331.069). Outro quadro médico que aumentou consideravelmente em consulta foi o de urgência, de 2.905 atendimentos em 2013 para 4.619 em 2014 (aumento de 59%).

O crescimento no número de atendimentos registrados no Ceará é superior ao nacional, de 35%. Relatório de março apontava carência de profissionais.

Relatório sistêmico de fiscalização de saúde do Tribunal de Contas da União (TCU) de março constatou que a carência de profissionais de saúde nas unidades hospitalares do SUS está entre as principais dificuldades encontradas na saúde do Estado.

Em um hospital, por exemplo, apenas 50% de sua capacidade operacional estava funciona devido à falta de recursos humanos e equipamentos.

Fonte: Diário do Nordeste / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »