Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Inscrições para as 115 mil bolsas do Prouni começam nesta segunda-feira

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) começam nesta segunda-feira (9) e vão até as 23h59 de quarta-feira (11), pelo site do programa. São oferecidas 115.101 bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior que podem ser consultadas no site do Prouni.

O número de bolsas é 28% maior do que na edição do meio do ano de 2013, quando 90.045 bolsas foram oferecidas. Do total da oferta neste ano, 73.601 são integrais e 41.500, parciais.

A primeira chamada do Prouni será divulgada no dia 15 de junho, e os candidatos aprovados terão entre os dias 16 e 24 de junho para entregar, na própria instituição de ensino, os documentos que comprovem a renda familiar, para efetuar sua matrícula.

A segunda chamada pelo sistema será divulgada em 4 de julho, e a matrícula deverá ser feita entre os dias 4 e 11 de julho.

Como participar

Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 e ter concluído o ensino médio integral ou parcialmente na rede pública, ou integral ou parcialmente na rede privada, desde que tenha recebido bolsa de estudos integral. A participação é vedada a quem já tem um diploma de curso superior.

Também se encaixam nos requisitos do Prouni os estudantes com deficiência e os professores da rede pública que atuem na educação básica.

O Prouni tem duas modalidades de bolsa: a bolsa integral é indicada aos estudantes com renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo. Os estudantes com renda familiar bruta mensal per capita de até 3 salários mínimos podem concorrer às bolsas parciais de estudo.

Mais bolsas para administração

O curso com maior oferta de bolsa é o de administração (13.168), seguido pelo direito (7.887) e a pedagogia (7.725). O curso de engenharia civil, considerado estratégico pelo governo federal, está em sexto lugar, com 3.651 ofertas de bolsa.

No total, considerando todos os cursos de engenharia, foram ofertadas 12.362 bolsas, um crescimento, segundo o Ministério da Educação, de 93% em relação ao ano passado, quando foram oferecidas 6.401 bolsas. De acordo com Paim, esse aumento das ofertas está de acordo com a maior quantidade de oportunidade de emprego nessa área, em comparação com outros setores.

Fonte: G1 / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »