Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Ficar muito tempo sentado aumenta riscos de câncer

Pesquisa conclui que hábito sedentário aumenta risco de câncer no intestino, pulmão e endométrio. (Foto: Getty Images)
Ficar muito tempo sentado aumenta risco de desenvolver câncer, além de doenças como diabetes e problemas cardíacos, apontou uma pesquisa da Universidade de Regensburg, na Alemanha. O estudo, que avaliou dados de 43 levantamentos feitos com mais de quatro milhões de pessoas e 70 mil casos de câncer, concluiu que a cada duas horas extras sentado diariamente aumenta em 10% as chances de ser diagnosticado com câncer. Os tipos da doença que mais aumentam por causa disso são no intestino, endométrio (revestimento do útero) e pulmão. As informações são do site inglês Daily Mail.

O mais preocupante do estudo é que este número se mantém o mesmo tanto para pessoas sedentárias quanto para quem pratica atividades físicas regularmente. O determinante é mesmo o tempo que as pessoas ficam sentadas, independente dos exercícios que fazem quando estão ativas.

Para cada duas horas extras sentadas a chance de as mulheres terem câncer de endométrio aumenta em 10%. O mesmo tempo extra na cadeira equivale a um aumento de 8% de chance de ter câncer no intestino e 6% de pulmão.

De acordo com os responsáveis pelo estudo, o comportamento sedentário e suas implicações são os responsáveis por estes números. Assistir a TV, por exemplo, geralmente vem acompanhada de comer junk food e beber refrigerante, fatores que implicam em aumento de câncer no intestino e no endométrio.

"O tempo gasto em atividades sendentárias diminui o gasto de energia, aumenta o ganho de peso e a obesidade, fatores ligados ao aumento do câncer", explicam Dra. Daniela Schmid e Dr. Michael Leitzmann.

Um estudo anterior já tinha assinalado que alguém que assiste seis horas de TV por dia tem cinco anos a menos de vida comparado a uma pessoa que não fica em frente ao aparelho. Além disso, pessoas que abusam do tempo no sofá têm maior circunferência abdominal, altos índices de colesterol, açúcar no sangue e triglicérides.

Um adulto gasta em média 90% do tempo de lazer sentado e menos da metade deles se exercita na quantidade recomendada pela Organização Mundial de Saúde. No Reino Unido, o ideal é fazer atividades físicas por 2 horas e meia semanalmente.

Fonte: Terra  / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »