Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Juazeiro do Norte-CE: Polo industrial deve gerar mais de mil empregos diretos

Com a chegada das novas indústrias, os distritos se transformam com planjamento e infraestrutura adequada (Foto: Serena Morais/Jornal do Cariri)
Atrair empreendimentos para geração de renda e empregos. Esse é o pensamento das autoridades municipais de Juazeiro, que tem investido nas instalações de distritos industriais como catalisadores do setor econômico local. De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Antônio Mendonça, somente para este ano, está prevista a instalação de mais de 40 empresas em um segundo polo industrial da cidade, que será localizado no bairro Campo Alegre.

Com o lançamento previsto para o próximo mês, o secretário menciona as melhorias na parte de infraestrutura dos espaços urbanos, para chamar a atenção de empresas. Para ele, o crescimento da indústria no Cariri aconteceu de forma desordenada, prejudicando o trabalho das indústrias. “Foi preciso um planejamento maior, como é o caso dos distritos, onde pode ser concentrada uma infraestrutura adequada, principalmente com melhores condições para os trabalhadores”, defende.

Segundo ele, as empresas, de segmentos variados, corresponderão a uma geração de mais de 1.000 empregos diretos e irão compor a cadeia de 400 indústrias instaladas na Região. “A perspectiva de crescimento econômico é sempre boa. Sem falar na geração de empregos, que serão acima dos 17 mil”, conta.

Oportunidade

O montador José Gilberto, de 57 anos, aproveitou o bom momento e conseguiu uma recolocação no mercado de trabalho em uma fábrica de calçados local. “Para mim, foi ótimo. Com a idade que a gente tem, não conseguimos arrumar emprego fácil”, disse.

Os mais jovens também têm encontrado boas oportunidades. Renan Pedro teve a experiência de seu primeiro emprego também em uma fábrica de calçado. “Foi uma oportunidade maravilhosa. Pensei que não conseguiria emprego, mas aqui me contrataram e me qualificaram”, contou.

Fonte: Jornal do Cariri / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »