Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Polícia caça perigosos assaltantes de bancos no Maranhão que devem estar no Ceará

Eniram, Vangervaldo, João de Elza e Boiolinha são fugitivos do Maranhão (Foto: Divulgação)
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará enviou à redação do Site Miséria imagens de quatro foragidos do Maranhão e apontados como homens de alta periculosidade diante da suspeita que estejam em nosso estado planejando assaltos a bancos. O pedido é de divulgação para tentar ajudar na captura dessa quadrilha interestadual como assinala a secretaria. Fotos deles estão sendo remetidas ainda para todas as unidades policiais do interior do Ceará.

O pedido advém do Serviço de Inteligência da Polícia do Maranhão e foi direcionado ainda para os estados do Piauí e Pernambuco denunciando as atividades do que consideram perigosa quadrilha de assaltantes de bancos e de carro-forte. No Maranhão, o bando é apelidado pela polícia de “Novo Cangaço” e a última ação foi executada no dia 17 de dezembro em São João dos Patos (MA).

Naquele dia, um carro forte da Servi-Sam foi metralhado e o cofre explodido por cerca de 20 homens com metralhadoras, fuzis e escopetas que se aproximaram em uma Hilux e mais uma SW4 no Km 68 da BR 230, entre São João dos Patos e Floriano (PI), quando roubaram R$ 1,3 milhão. O dinheiro tinha arrecadado de correspondentes bancários no Maranhão e iria para Floriano (PI). Segundo as vítimas, os criminosos tinham sotaque baiano e tocaram fogo na Hilux em Guadalupe (PI).

Por suspeição da polícia, o próximo assalto pode ocorrer este mês no Piauí ou Ceará já que, informações oriundas do Maranhão, alertam que a quadrilha “mergulha” dando um intervalo médio de tempo entre uma ação e outra. Os homens andam em veículos possantes tomados de assaltos e mantém em seu poder armamentos de grosso calibre. Existem suspeitas até da utilização de carros reforçados com chapas de aço na traseira para se proteger das balas dos policiais.

O jovem identificado apenas pelo nome de “Eniram” seria o mentor da quadrilha que faz levantamentos no planejamento dos assaltos. Dessa forma se antecipa ao bando na chegada à cidade ou estrada escolhidos para a ação além de cuidar do apoio logístico. Pelo menos outros três integrantes foram identificados como Vangervaldo dos Santos Correa, de 50 anos, João Cutrim de Matos, o João de Elza e Carlos Alberto Mesquita dos Santos, apelidado por Sharon, Baixinho ou Boiolinha.

João de Elza é ex-segurança tido como o “Barra Pesada” do grupo e foi recapturado em agosto do ano passado em Cuiabá (MT) pela polícia maranhense após assaltar um caminhão carregado de fertilizantes avaliado em R$ 1 milhão. Ele tinha sido um dos 19 apenados beneficiados com o Indulto de Natal em 2011, mas não retornou ao presídio de Pedrinhas (MA). João já é condenado a 18 anos de prisão pelo crime de pistolagem contra o publicitário Manuel Dias de Oliveira Filho, o Surama, em agosto de 2001, mas já responde por outros quatro homicídios.

Fonte: Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »