Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

A guerra dos números do FUNDEB em Altaneira

O secretário municipal de educação, vereador Deza Soares, divulgou no início da semana por ocasião da abertura da Semana Pedagógica que o Município de Altaneira comprometeu 71% dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB, referente ao exercício de 2013. 

Justificou ainda o secretário que em virtude do aumento dos valores da complementação da união este percentual ficou abaixo da previsão inicial que era de 78%, mais muito a mais do repassado nas administrações que ficava sempre no mínimo de 60%.
Na semana anterior o professor José Evantuil divulgou levantamento em que o percentual da despesa era de já os repasses 64%, no entanto o sindicalista adotou como valor dos repasses a quantia de R$ 4.497.682,03, quando na realidade o município só recebeu o valor de R$ 4.271.291,41, conforme se vê no demonstrativo abaixo divulgado no portal do Tesouro Nacional.
Alheio a questão contábil os profissionais nos últimos dois anos viram seus vencimentos caírem de um dos melhores do Brasil para um dos piores do Ceará.

Em 2012 com promulgação do Plano de cargos e Carreira do Magistério, o professor de nível superior com 20 horas aulas recebia quase 70% do piso nacional, atualmente estão recebendo pouco mais de 60%, um prejuízo de médio de R$ 160,00 todo mês.
No ano passado sob alegativa de que os professores já ganhavam bem e que os recursos foram insuficientes, não foi reajustado a remuneração dos profissionais e neste ano ainda não foi anunciado a revisão.
Os profissionais, nos bastidores, esperam um reajuste no mínimo de 15%, mas os dados apresentados foi um balde de agua fria na categoria.
 
Fonte: Blog de Altaneira
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »