Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Dos 144 açudes do Ceará, 106 estão em estado crítico

106 açudes, dos 144 do Estado, estão abaixo de 30% da capacidade (Foto: Edimar Soares/O Povo)
O relatório hídrico mensal divulgado pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado (Cogerh) nesta segunda-feira, 25, aponta estado crítico nas reservas hídricas em açudes do Ceará.

Em razão do longo período de estiagem, 106 açudes, dos 144 do Estado, estão abaixo de 30% da capacidade. Apenas o açude Gavião, localizado na Pacatuba, região metropolitana de Fortaleza, está quase cheio, com 92,32% de sua marca máxima.

Açudes como Forquilha II e Trici, em Tauá, Quincoé, em Acopiara, Desterro e São Domingos, em Caridade, Cupim e Jaburu II, em Independência, e Sucesso, em Tamboril, estão com 0% ou menos de 1% da capacidade.

O Sertão de Crateús apresenta a situação mais alarmante, pois todos os reservatórios estão com no máximo 10% da capacidade total. O açude Castanhão com possibilidade de armazenar 2850.34 hm3 de água é maior do Ceará, porém está com apenas 42,54% da capacidade total.

Na última quarta-feira, 20, bispos do Ceará se reuniram com representantes da Cáritas Regional Ceará para discutirem sobre a seca no Estado. O grupo cobrou do governo a distribuição de água para as comunidades afetadas pela estiagem. Um Documento dos Povos do Semiárido Cearense com medidas emergenciais será encaminhado ao governador Cid Gomes (Pros) e ao secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins.

Fonte: O povo / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »