Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Mês de setembro registra segunda maior geração de empregos em 2013 no Ceará

Ceará é o 2º do País que mais criou emprego no Nordeste em 2013 (Foto: Alex Costa)
O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou nesta quarta-feira (16) os dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de setembro.

No Ceará, 46.321 pessoas foram empregadas com carteira assinada. Outras 38.040 se desligaram do seu cargo. Os números apresentados mostram que foram criados 8.281novos empregos no Estado.

Em relação ao mês de agosto, o Ceará teve uma variação positiva de 0,71%, quando 6.781 novas vagas foram criadas. Comparando ao mesmo período de 2012, porém, o saldo de setembro é negativo, visto que haviam sido criados 9.572 postos de trabalho com carteira assinada no Estado.

No ano, setembro se classifica como o 2º mês que mais gerou emprego formal para a população cearense, ficando atrás apenas de junho, quando 11.126 postos de trabalho foram criados. Das mais de 8 mil vagas do Estado, Fortaleza gerou 76% delas (6.291).

Ceará é o 2º estado que mais criou emprego no Nordeste em 2013

Mesmo ficando na 3ª colocação no mês de setembro na criação de trabalho formal, atrás de Pernambuco (29.988) e Alagoas (16.285), o Ceará permanece como o 2º Estado que mais gerou empregos com carteira assinada no Nordeste em 2013. Nos primeiros 9 meses do ano, o Estado criou 33.404 novos postos, enquanto a Bahia registrou 48.350.

Setor de serviços encabeça criação de vagas

Dos 8.281 empregos formais gerados no Ceará em setembro, o setor de serviços é o que encabeça a criação de vagas, com 3.928. Comércio (1.840) e construção civil (1.221) vêm logo abaixo.

Em todo o País, 211.068 mil postos de trabalho formais foram gerados em setembro. São Paulo lidera a lista, com 45.275 vagas criadas, seguida pelas duas líderes na contagem nordestina: Pernambuco e Alagoas.

Segue ranking com a geração de empregos em todo o País no mês de setembro:
1) São Paulo (45.275)
 2) Pernambuco (29.988)
3) Alagoas (16.285)
4) Paraná (15.925)
5) Rio de Janeiro (15.653)
6) Santa Catarina (11.224)
7) Rio Grande do Sul (10.854)
8) Ceará (8.281)
9) Pará (7.317)
10) Minas Gerais (6.925)
11) Paraíba (6.618) 12)
12) Bahia (6.203)
13) Rio Grande de Norte (5.182)
14) Goiás (5.160)
15) Espírito Santos (4.759)
16) Maranhão (2.913)
17) Amazonas (2.612)
18) Mato Grosso (2.449)
19) Sergipe (2.313)
20) Distrito Federal (2.169)
21) Mato Grosso do Sul (961)
22) Roraima (495)
23) Amapá (475)
24) Tocantis (457)
25) Piauí (379)
26) Acre (268)
27) Rondônia (-72)

Fonte: Diário do Nordeste / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »