Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Juazeiro do Norte-CE: Alunos ficam detidos por mais de 5 horas depois das provas do Enem

Muitos transtornos foram causados em várias famílias que ficaram horas e horas sem noticias dos seus filhos. (Foto: Wilson Dias/ABr)
Dezenas de alunos que participaram das provas do Enem no ultimo sábado (26), em Juazeiro do Norte, ficaram detidos por mais de 5 horas na Escola Edvar Teixeira Férrer, no bairro do Pirajá. Eles deveria sair as 17:00h e só foram liberado às 22:00h. Segundo informações colhidas com os jovens prejudicados, tudo se deu diante de um grupo de alunos, cuja religião resguarda o sábado. A desorganização partiu dos responsáveis pelo Enem que deveriam ter separados os portadores de necessidades especiais e o pessoal que preserva o sábado, em locais distintos, mas deixaram juntos aos demais. O assunto deve virar caso de polícia nesta segunda-feira.

Muitos transtornos foram causados em várias famílias que ficaram horas e horas sem noticias dos seus filhos, uma vez que não existia nenhum meio de comunicação possível, devido às exigências do Enem. A dona de casa Odete Filismino de Moura, residente no bairro do Socorro, em Juazeiro, ficou apavorada sem notícias do filho que estava retido e, ao chegar à escola, por volta das 21:30, teve uma crise nervosa e chegou a desmaiar. Na escola Edvar Teixeira Férrer ninguém entrava nem saia e a única informação era feita por um buraco no portão através do vigia da escola. Muito choro e estudantes com fome, uma vez que saíram de casa antes do meio-dia, alguns provavrlmente sem almoço.

Até o presente momento a organização do Enem em Juazeiro do Norte não deu nenhuma explicação para o transtorno causado aos estudantes detidos e aos seus familiares. “Eu cheguei na escola antes do meio-dia e deveria ter saído as 17 horas, como estava previsto”, disse o estudante Talyson Moura, ressaltando que “fomos todos surpreendidos com a informação que só sairíamos as 22 horas e deu no que deu. Muita gente chorando e preocupada com suas famílias”. Outro aluno Cicero Silva também lamentou o ocorrido e culpou os responsáveis pelo Enem em Juazeiro por tudo que aconteceu. “Passamos quatro horas respondendo as provas e mais quatro detidos na marra dentro de uma escola e com fome”, lamentou Cicero Silva.

Fonte: Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »