Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

DIA DA CRIANÇA Brinquedos: nordestino vai gastar R$ 995 mi

No Ceará, o Dia da Criança deve girar R$ 160 milhões no varejo local, incluindo todos os presentes

São Paulo/Fortaleza. Os brasileiros devem gastar neste ano R$ 6,5 bilhões com a compra de brinquedos para o Dia da Criança. O montante representa uma alta de 41% sobre os gastos para a data em 2012, de acordo com um estudo realizado pelo Instituto Data Popular. No Nordeste, a previsão é que os consumidores gastem R$ 995 milhões com brinquedos para o próximo dia 12. No Ceará, o Dia da Criança deve movimentar R$ 160 milhões no comércio local, incluindo todos os presentes.

O montante gasto pelos nordestinos com brinquedos representa 15% do total que será gasto no País. Ao longo dos anos, essa participação vem crescendo, uma vez que, em 2002, era de apenas 12%. Em movimento contrário, a participação do Sudeste vem caindo, passando de 59%, em 2002, para 52%, neste ano, quando devem ser gastos R$ 3,4 bilhões. Em seguida, está a região Sul, que manteve sua participação praticamente estável (em 2002, era 18%, neste ano, a previsão é de 19%) e que deve gastar R$ 1,2 bilhão com brinquedos no Dia da Criança.

No Norte, a expectativa é que os consumidores gastem R$ 490 milhões, o que representa 8% do total gasto no País. Assim como ocorreu com o Nordeste, a participação da região Norte cresceu, passando de 5%, em 2002, para 8%, em 2013.

Já no Centro-Oeste, a previsão é que a compra de brinquedos gire R$ 377 milhões neste ano, representando 6% do total consumido no País, percentual que se manteve inalterado.

Classe Média
Dos R$ 6,5 bilhões que serão gastos em todo o País com a aquisição de brinquedos para o próximo dia 12, a classe média será responsável por praticamente metade desse valor total: 49% ou R$ 3,2 bilhões. O valor médio gasto pelos consumidores desta classe social deve ser de R$ 56,00, segundo o Data Popular.

"O crescimento da Nova Classe Média, que tem contribuído para a manutenção do consumo elevado das famílias no País, também é determinante para o segmento de comércio de brinquedos, especialmente no Dia da Criança", destaca o presidente do Instituto Data Popular, Renato Meirelles.

Os consumidores enquadrados na classe alta devem responder por 28% do gasto total do País (R$ 1,8 bilhão). O ticket médio para a compra dos brinquedos deve ser de R$ 115,00. Já no público da classe baixa, os gastos com brinquedo para o Dia da Criança devem somar R$ 1,5 bilhão (23%), com ticket médio de R$ 30,00. Ainda conforme o estudo, o Brasil tem 38 milhões de pessoas com até 12 anos (o público-alvo do Dia das Crianças), sendo que 9 em cada 10 são das classes baixa e média.

Fonte: Diário Do Nordeste

Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »