Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Professores da Escola Santa Tereza, em Altaneira, promovem oficinas de Confecção de Instrumentos Musicais Africanos

Alunos da EEM Santa Tereza participam de Oficinas de
confecção de instrumentos musicais africanos desenvolvida
por Cícero Chagas. Foto; Fabrício Ferraz
Os professores da área de Ciências Humanas da Escola Estadual Santa Tereza, no município de Altaneira, lançaram no dia 13 de maio do corente ano o projeto intitulado “Nossas Raízes” que concorrem para a efetivação da Lei nº 10. 639/2003. 

O Projeto tem a coordenação do professor de História e Filosofia Fabrício Ferraz e tem como uma das finalidades trabalhar a participação da cultura africana na formação da sociedade brasileira.
Nos dias 25 e 26 de setembro, os alunos tomaram contato com as diversas formas de manifestação cultural do povo africano a partir de oficinas de confecção de instrumentos musicais africanos como parte integrante deste projeto.  É digno de registro que as principais características dos africanos são a musicalidade e suas danças compostas por diferentes ritmos e instrumentos.  Desta feita, a criatividade proporcionou a criação de vários instrumentos musicais pelo corpo discente.
Instrumentos

Afoxé – é um instrumento musical de percussão formado por uma cabaça redonda coberta por uma rede de bolinhas ao redor de seu corpo. O som é produzido quando se giram as bolinhas em um sentido, e o cabo no sentido oposto. É um instrumento musical muito utilizado nos rituais de umbanda e pelos grupos de samba e reggae.

Xequerê - é um instrumento bem simples, feito de uma cabaça com uma colcha de contas presa a ela. É um instrumento que dá um molho especial no ritmo executado, utilizado no Maracatú e, hoje em dia, incorporado até nas baterias de escola de samba.

Agogô – instrumento musical percussivo composto de duas a quatro campânulas (objeto em forma de sino) de tamanhos diferentes, ligadas entre si pelos vértices. É o instrumento mais antigo do samba.

Berimbau – é um instrumento de corda usado para fazer percussão na capoeira. É um arco feito de uma vara de madeira, de comprimento aproximado de 1,20m a 1,60m, e um fio de aço (arame) preso nas extremidades da vara. Em uma das extremidades do arco é fixada uma cabaça que funciona como caixa de ressonância. Para a realização do som, é necessária a utilização de uma pedra ou moeda, vareta e caxixi.

Cuíca – consiste numa espécie de tambor com uma haste de madeira presa no centro da membrana de couro, pelo lado interno. O polegar, o indicador e o dedo médio seguram a haste no interior do instrumento com um pedaço de pano úmido, os ritmos são articulados pelo deslizamento deste tecido ao longo do bambu. A outra mão segura a cuíca e com os dedos exerce uma pressão na pele. Quanto mais forte a haste for segurada e mais pressão for aplicada na pele, mais altos serão os tons obtidos.

Tambores – são os principais instrumentos musicais africanos. Existem dos mais variados formatos, tamanhos e elementos decorativos. É um objeto musical de percussão, é oco e feito de bambu ou madeira. Além de sua utilização nos eventos festivos, os tambores eram uma forma de comunicação entre comunidades distantes, em razão de sua forte potência sonora.
Cícero Chagas e alunos durante oficina
As oficinas estão sendo desenvolvidas por Cícero Chagas e tem como foco a confecção dos instrumentos Afoxé e Xequerê. 

Cícero é membro da Rede de Educação Cidadã – RECID, da Associação Raízes Culturais de Altaneira e colaborador da Associação Beneficente de Altaneira – ABA, entidade mantenedora da Rádio Comunitária Altaneira FM.

Pensando localmente, a iniciativa é louvável, mas precisa ser ampliada, abarcando assim, todas as escolas do município. Quando se pensa a nível global, o assunto ganha ainda mais contornos dramáticos e pesa sobre a não adesão das escolas a Lei muitos fatores.
 
Fonte; Informação  em Foco
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »