Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

ONS confirma horário de verão a partir de outubro

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp, afirmou nesta quinta-feira (12) que o  horário de verão no país deverá ser adotado na segunda quinzena de outubro, com vem acontecendo nos últimos anos. Ele falou no Energy Summit, evento de energia que acontece no Rio de Janeiro.

Segundo disse, o horário de verão de 2013 não terá novidades em relação ao ano passado.
"Nenhum estado pediu para entrar e nenhum estado pediu para sair. Gostaríamos que mais estados entrassem", afirmou.

A queda na demanda de energia nos horários de pico fica em 4% a 5% com a adoção do horário de verão.

"Não tem erro, vai ter horário de verão. Com alta demanda e térmicas ligadas, o horário de verão é muito importante, vai dar um ganho no período que é importante, no verão", disse.

Térmicas ligadas no Nordeste
Chipp afirmou que as usinas térmicas que foram ligadas no Nordeste por conta dos  reservatórios baixos deverão manter a operação pelo menos durante o mês de setembro. "Em setembro o comitê de monitoramento não muda sua posição Em outubro, em função do clima, a gente pode reavaliar", disse.

A operação das térmicas no Nordeste resultou em encargos de R$ 200 milhões, que terão que ser repassados ao consumidor em todo o país.

"Acho que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Ministério de Minas e Energia têm o entendimento que seja no sistema interligado", acrescentou Chipp, ressaltando, porém, que o repasse é irrisório e não pesará no bolso do consumidor.

Fonte: G1 / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »