Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Apenas 25% das agências bancárias permanecem funcionando no Ceará

A greve dos bancários chega ao oitavo dia, com o total de 383 agências fechadas no Ceará, o que equivale a 75%. Nesta quinta-feira (26), foi registrada a paralisação de 186 bancos em Fortaleza e 197 no interior. Em todo o estado existem 507 agências.
Apenas 25% das agências bancárias funcionaram no oitavo dia de greve no Ceará
Apenas 25% das agências bancárias funcionaram no oitavo dia de greve no Ceará (FOTO: Divulgação)
Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, o fechamento dos principais corredores bancários fortalecem a reivindicação – como Centro, São Gerardo, Messejana, Aldeota, Água Fria (Avenida Washington Soares), Cidade dos Funcionários (Avenida Oliveira Paiva), Carlito Pamplona (Avenida Francisco Sá), Montese, Conjunto Ceará, Benfica, Dionísio Torres e Bairro de Fátima.
O movimento foi iniciado na última quinta-feira (19), em resposta ao reajuste de 6,1% proposto pela Fenaban, sem aumento real, feito ao Comando Nacional dos Bancários. “Essa proposta é uma afronta aos bancários. Nós merecemos mais, até porque os trabalhadores são os grandes colaboradores para o alto lucro, pela alta lucratividade auferida pelos bancos”, disse o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra.
Sobre liminar
Além disso, também nesta quinta-feira, o juiz do trabalho Francisco Gerardo de Souza Júnior negou o pedido de liminar de interdito proibitório para o Banco Itaú. O interdito proibitório visa preservar o direito de propriedade.
A decisão concedeu ainda prazo para que o Sindicato dos Bancários do Ceará se pronuncie sobre o pedido. De acordo com a decisão, o juiz afirma não vislumbrar motivo para se justificar a concessão do pedido de liminar sem ouvir a entidade sindical.
Próximos passos
Em assembleia também realizada nesta quinta, o Sindicato decidiu que na próxima terça-feira (1º) será realizada uma passeata da categoria na Aldeota. Além disso, na próxima quarta-feira (2), uma nova assembleia será feita.
Avaliação por banco
Banco do Nordeste – Segundo a diretora do Sindicato e funcionária do BNB, Carmen Araújo, a greve no banco é “satisfatória”: das 35 agências do Estado, 26 estão paradas. “Gerentes também estão aderindo ao movimento”, diz. Durante a assembleia, foi informado ainda que os gerentes do Centro, Montese e Maracanaú irão aderir à greve a partir de amanhã, dia 27/9.
Caixa Econômica – Jefferson Tramontini, diretor do Sindicato e funcionário da Caixa, explica que, apesar da grande adesão das agências à greve, ainda é grande o número de empregados trabalhando no interior das unidades, batendo ponto e realizando atendimento seletivo. “Precisamos convencer esses colegas a saírem das unidades, pois isso é tudo que a Caixa quer”.
Banco do Brasil – De acordo com Gustavo Tabatinga, também diretor do Sindicato e funcionário do BB, a situação da greve no banco está “praticamente estabilizada” e completa: “mas é preciso fazer uma reflexão, porque ainda tem muitos colegas trabalhando internamente. São muitas agências paradas, mas muitos funcionários ainda batendo ponto”. Tabatinga denunciou ainda três ocorrências em que dirigentes sindicais foram impedidos de entrar em unidades bancárias.
Bancos privados – “A paralisação nos privados já é vitoriosa em relação ao ano passado”. Esta é a avaliação do também diretor e funcionário do Itaú, Ribamar Pacheco, que também destacou o crescimento do movimento no Interior do Estado.

Fonte; Tribuna do Ceará
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »