Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

País ganhou 905 mil empresas no 1º semestre, diz Serasa

Levantamento feito pela Serasa Experian aponta que foram criadas 905.468 empresas no País no primeiro semestre deste ano, número que representa um avanço de 1,39% sobre os 893.034 registrados no primeiro semestre de 2012. De acordo com os economistas da Serasa Experian, mesmo com a atividade econômica fraca e a inflação em alta no primeiro semestre, os empresários de micro e pequenas empresas mostraram confiança para abrir negócios próprios.

O levantamento apontou também que 68% das empresas criadas, o equivalente a 614.972, foram de microempreendedores individuais (MEIs), 112.148 (12% do total), de empresas individuais. As sociedades limitadas representaram 128.983 (14%) e 49.365 (5%) foram empresas de outras naturezas jurídicas.

A pesquisa registrou que a participação dos MEIs, criados por lei em 2008, no conjunto de novos negócios aumenta progressivamente. Os dados do primeiro semestre mostram que dos 614.972 MEIs criados 70.924 foram do ramo de comércio de confecções em geral (11,5% do total dos MEIs), seguidos por 57.656 do ramo de serviços de higiene e de embelezamento pessoal (9,3% do total).

Regiões
A Região Sudeste concentra o maior número de empresas abertas no primeiro semestre, com 449.801 companhias, ou 49,68% do total, seguida pelo Nordeste, com 163.733 empresas abertas (18,08%). Na Região Sul foram criadas 152.378 empresas nos primeiros seis meses de 2013 (16,83%), no Centro-Oeste surgiram 88.444 (9,77%) e houve a criação de 51.113 empresas na Região Norte (5,64% do total).

Entre as áreas de atuação, o setor de serviços concentrou o maior número de empresas, com 524.540, ou 58% do total. Foram abertos ainda 291.920 negócios comerciais (32% do total) e, no setor industrial, surgiram 73.498 empresas (8%) neste mesmo período. Em outros setores, o número ficou em 15.510.

Fonte: Agência Estado / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »