Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Curso de Direito da URCA mais uma vez obtém o Selo OABRecomenda

O Curso de Direito da Universidade Regional do Cariri (URCA) em mais um ano é reconhecido com o Selo OABRecomenda, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pelo nível de qualificação do curso para a formação dos seus alunos. No Ceará receberam a recomendação os cursos das Universidade Vale do Acaraú (UVA) e Universidade Federal do Ceará (UFC).
 O Selo é um indicador de educação jurídica de qualidade. Em sua quarta edição, sendo a primeira delas em 2001, a segunda versão sido editada em 2004, enquanto que a e terceira veio a lume em 2007, e a última contendo expressa referência da gestão dos cursos de Direito no período de 2004/2007.
 O Selo OAB Recomenda configura-se como um programa simbólico, ético, valorativo, provocativo e instigante que, longe de ser um ranking ao exercer mais um diagnóstico e menos uma classificação, incorpora a concepção de que a dignificação e a sedimentação da confiança no Direito transitam obrigatoriamente pela credibilidade e qualidade dos cursos jurídicos.
Professor Ivo Ferreira, Diretor da Unidade de Iguatu, a atual Coordenadora do Curso de Direito,  Professora Wanessa Kelly e o Coordenador eleito Professor Pierre Wiron Pinheiro Matias comemoram a conquista do selo realçando o papel da Unidade de Iguatu e do seu Curso de Direito que completa 9 anos de criação participando com contribuição significativa. Nossa aprovação no exame de Ordem é meritória, destacou o Diretor, que acrescentou ainda que reconhece as dificuldades enfrentadas pelo curso, mas ao mesmo tempo ressalta a importância do diálogo no processo de construção e aprimoramento. 
Ele ressaltou ainda as importantes posições do Curso de Direito perante as avaliações, a classificação no Enade e o papel social da URCA nesse processo de ensino-aprendizagem, na pesquisa e na extensão universitárias, como ferramentas para o desenvolvimento do cenário jurídico de Iguatu e da Região Centro - Sul.
 
Fonte: Iguatu noticias
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »