Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Altaneira será beneficiada com Projeto da ONU para a agricultura familiar

O prefeito Delvamberto Soares participou ontem (19/08) da solenidade de assinatura do convênio entre Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola (Fida), agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU) e o Governo do Estado que irá disponibilizar cerca de R$ 162 milhões para fomentar atividades ligadas à agricultura familiar e promover capacitação para trabalhadores da zona rural. Os recursos fazem parte do projeto Paulo Freire e devem beneficiar diretamente 60 mil famílias no Ceará.

O prefeito Delvamberto Soares compartilhou a boa notícia, em primeira mão, no Grupo “A Política de Altaneira” da rede social Facebook postando a foto acima ao lado do Governador Cid Gomes “Altaneira foi um dos trinta municípios contemplados para receber investimentos em diversos setores, em especial será nossa prioridade elevar o padrão de vida dos agricultores familiar com maior aplicação no capital social e desenvolvimento humano. O projeto prevê ainda vários outros investimentos o qual iremos discutir com o comitê gestor” comemorou o Prefeito.
Não foi divulgado o número de famílias que serão beneficiadas em Altaneira, mas estar no semiárido foi determinante para a escolha do município. “O Fida só trabalha com áreas do semiárido. Outro pré-requisito foi a pobreza rural aliada ao baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)”, detalha o oficial de programas do Fida, Hardi Veira. 

O projeto será executado pela Secretaria Estadual do Desenvolvimento Agrário (SDA) e os município farão o papel de intermediação junto aos agricultores e associações de trabalhadores rurais. “Os agricultores ou associações terão de elaborar planos de negócios para acessar os recursos. O foco principal é combater a pobreza com geração de renda a partir do que for produzido pelos agricultores”, completa Hardi.
Governador Cid Gomes assinando o Convênio onde estabelece que uma das metas é incrementar a renda da família assistida em 30% e que pelo menos 20% dos negócios devem ser liderados por mulheres - foto compartilhada por Delvamberto
Em cada município, haverá um conselho gestor, formado por representantes dos próprios beneficiados, Governo Municipal e demais entes envolvidos no processo. Além desse aparato, também estão previstos cursos para preparar jovens da zona rural para disputar vagas nas escolas profissionalizantes sediadas no.
O prazo limite para a execução do projeto Paulo Freire é 2019. Para serem aprovados, será observado se os planos de negócios cumprem as normas ambientais vigentes e se a cultura agrícola a ser implantada tem tradição na localidade. Algumas cadeias produtivas como apicultura, mandiocultura, cajucultura, caprinocultura e artesanato serão priorizadas.
 
Fonte: Blog de Altaneira
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »