Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Operação policial no Ceará e São Paulo prende 33 por estelionato

A Polícia Civil do Ceará juntamente com a Polícia Civil de São Paulo realizam, desde a madrugada desta quinta-feira, 4, uma operação para combater crimes de estelionato nos dois estados. Batizada de ´Factum´, a ação já prendeu 33 pessoas e cumpriu vários mandados de busca e apreensão de materiais.

Segundo o delegado Alexandre Ferraz, titular da delegacia de Amontada, os mandados de prisão da operação, que é resultado de cinco anos de investigação, foram expedidos pelo juiz da 2ª Vara de Itapipoca, Gonçalo Benício. "O alvo principal das investigações é a cidade de Itapipoca. Lá, foram comprovadas clonagem de CPFs e outros documentos, e ainda empréstimos e compra de carros em nome de laranjas," disse Ferraz, que ressaltou que a operação tem também o apoio das delegacias do Trairi e Uruburetama.

Ainda de acordo com o delegado, a operação, que está quase no fim, tem como alvo 40 pessoas no total, sendo que alguns já se encontram detidos em presídios do Estado. Dessas, 22 foram presas no Ceará e 11 em São Paulo. "São cearenses que vão fazer faculdade do crime em São Paulo. Eles saíram da zona rural e passaram a ter carros importados, prédios, tudo isso em menos de dois anos", disse Alexandre.

Na operação, foram apreendidas máquinas de clonagem, cheques adulterados e em branco, chupa-cabras, entre outros documentos, como CPFs e CNHs.

Os nomes dos presos ainda não podem ser revelados porque o processo corre em segredo de Justiça, segundo o delegado de Amontada. Eles serão encaminhados a Fortaleza e ficarão detidos em diversas delegacias da Capital.

Fonte: O Povo / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »