Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Crato é avaliado com alto índice de IDH, Juazeiro do Norte se mantem acima da média e Fortaleza ocupa a 1ª posição do CE

No Cariri, Crato e Juazeiro do Norte mantiveram os índices apresentados na última avaliação em 2010: 0,713 e 0,694, respectivamente. (Foto: G1)
O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) divulgou nesta segunda-feira (29) o índice de desenvolvimento humano (IDH) de todas as 184 cidades do Ceará. Fortaleza permaneceu no topo da lista cearense, como 0,754, em uma escala que pode chegar até 1. No Cariri, Crato e Juazeiro do Norte mantiveram os índices apresentados na última avaliação em 2010: 0,713 e 0,694, respectivamente.

Para se calcular o IDHM, é realizada uma análise de 180 indicadores socioeconômicos, divididos em três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade (vida longa e saudável), educação (acesso ao conhecimento) e renda (padrão de vida). Na renda, a avaliação é feita de forma per capita (por pessoa).

Apesar de apresentar uma renda considerada baixa, Juazeiro do Norte, está acima da média cearense que é de 0,682, ocupando a faixa de “Médio Desenvolvimento Humano”. Já a cidade do Crato figura em posição considerada de “Alto Desenvolvimento Humano”, com seus 0,713. A comparação é feita com todas as 5.565 cidades brasileiras.

Das 27 unidades federais, o Ceará tem o 11 º pior IDH. O Estado tem indicies abaixo de estados como Rio Grande do Norte, Paraná e Espírito Santo. Distrito Federal é a unidade com maior IDH, de 0,824.

Em 20 anos, 85% dos municípios do Brasil saíram da faixa de “muito baixo desenvolvimento humano”, segundo classificação criada pelo Pnud. Atualmente, 0,57% dos municípios, ou 32 cidades das 5.565 do país, são consideradas de “muito baixo desenvolvimento humano”.

Fonte: Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »