Conheça a nossa Rádio | Conheça a nossa cidade

Feirão da Casa Própria bate recorde de vendas no Cariri

Iniciativa começou no sábado passado no Cariri Garden Shopping. (Foto: Elizângela Santos)
Cerca de R$ 300 milhões em imóveis novos, usados ou na planta, foram negociados durante o último final de semana, no 9º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento foi o maior já realizado na região, em quantidade de imóveis ofertados, cerca de 2.500, e chega acima do dobro do ano passado, em que foram financiados mais de R$ 111,5 milhões. Também contou com um público superior em 60%, em relação ao ano passado. De acordo com a superintendência regional da Caixa, que avalia o feirão no Cariri como um sucesso, 16 mil pessoas estiveram no feirão.

A abertura da feira aconteceu no último sábado, no Cariri Garden Shopping, em Juazeiro do Norte, já contado com um grande público desde a sua abertura. A oferta de imóveis, a maior parte novos, envolveu a participação de corretores e construtores da região, com casas sendo ofertadas de vários municípios, inclusive de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Segundo o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Antonio Carlos Franci, o feirão ocorreu em todo o Brasil, iniciado no Estado, em Fortaleza, com encerramento no Cariri.

Previsões

As previsões este ano para as negociações, estiveram em torno de 50% a mais que o ano passado. Estimativa superada. De acordo com o superintendente, os negócios estiveram voltados para todas as faixas de renda, no intuito de atender a expectativa dos diversos frequentadores do feirão. O processo de negociação continua. Conforme Franci, o Feirão começou mesmo no final de semana, continuando nas agências da região.

"No Feirão são realizados os atendimentos iniciais, com as avaliações, e quanto as pessoas poderão financiar, de acordo com a faixa de renda", afirma. Há financiamentos que vão até 4,5% de juros ao ano, com imóveis que podem ser parcelados em até 35 anos, ou negociados para a efetivação do pagamento, no período que o cliente puder negociar. "O Cariri está em franca expansão e, a cada ano, podemos observar o crescimento de toda a região", ressalta.

Vantagem

Outra vantagem para os clientes é o uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para facilitar a entrada do imóvel e até quitá-lo. "Na maioria das vezes, o valor do financiamento vai estar a abaixo do que o cliente paga no aluguel", diz ele. O evento acontece juntamente à 6ª Feira de Imóveis do Cariri, numa parceria da Caixa com o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) e o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

O gerente regional de Construção Civil do Norte e Sul do Estado do Ceará da CEF, Lucas Ferreira de Castro, afirma que para essa edição, foram cadastrados o dobro de imóveis em relação ao ano passado.

Quem contratou o financiamento imobiliário, no período do Feirão, poderá pagar a primeira prestação a partir de janeiro de 2014.

A condição é válida para financiamentos com recursos do FGTS e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que forem concedidos durante a feira e assinados até o dia 28 de junho.

Foram instalados na praça de eventos 22 estandes, de empresas e instituições parceiras, como construtoras e imobiliárias. No local foi possível realizar o negócio, conhecer dados do imóvel e dar entrada nos papéis do financiamento.

Para isso, uma equipe de 70 funcionários da CEF detalhou para o público informações sobre linhas de crédito, efetuaram simulação do valor de financiamento e aprovação dos créditos, dentre outros serviços.

Para requerer o crédito para casa própria, o cliente teve de levar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. Os interessados também podem obter informações em todas as agências da Caixa e, inclusive nos finais de semana. E ainda é possível fazer simulações do crédito imobiliário no endereço www.caixa.gov.br.

Financiamentos

"Essa é a primeira vez que venho ao feirão para adquirir um imóvel. Tenho que ver realmente se a taxa de juros compensa"
Fernanda Lúcia Cipriano Gomes
Tesoureira

"Quero adquirir minha casa, com uma prestação de até R$ 200 por mês. Espero que seja compatível com a renda"
Cícero José Nascimento Ferreira
Comerciante

Mais informações:

Caixa Econômica Federal
Serviço de Atendimento ao Cliente do Banco
Telefone: (0800-726-0101)
http://www.caixa.gov.br/

Fonte: Diário do Nordeste / Miséria
Próxima página
« Página anterior
Próxima página
Próxima página »